fbpx

A Farofa – A inspiração

Minha avó, dona Lola, era daquelas cozinheiras de mão cheia. Ela morava em um sobrado simples da década de 1920 no Bom Retiro, em São Paulo. Uma vila com poucas casas onde ainda era tranquilo jogar bola na rua, tocar a campainha do vizinho e sair correndo entre outras criancices.

 

Durante toda a minha infância os domingos eram passados lá. A casa ficava cheia de amigos, tios e primos. Eles iam chegando aos poucos e os adultos se reuniam na cozinha. As crianças, na rua mesmo.

 

Da cozinha vinha um aroma de tempero. Da rua dava para sentir quando o almoço estava ficando pronto. A bagunça dela era organizada. Algumas das preparações já estavam marinando na geladeira desde a véspera. Naquela época não tinha esse negócio de economizar tempo na cozinha não. Quanto mais tempo demorava fazendo, mais saboroso ficava o prato. Suas receitas ficavam em caderninhos de espiral escritas à mão já cansados de tanto ¨vira página¨. Um para doces e um para receitas salgadas. Eles eram recheados de delícias.

 

O almoço era servido no início da tarde. Como em uma autêntica família italiana, comíamos, bebíamos e um tentava falar mais alto que o outro. O almoço emendava com o futebol e com o jantar. Assim foi até a minha adolescência.

 

Em abril de 2008 dona Lola faleceu. Minha herança foram os seus caderninhos de receitas. Dois meses depois me casei com a Gabi que infelizmente poucas vezes esteve presente nesses domingos. O amor pela cozinha faz parte do no nosso dia a dia e permeou nosso relacionamento nesses quase quinze anos.

 

Juntos, resolvemos homenagear as receitas da dona Lola e criamos ¨A Farofa¨. Ela combina com quase todas as suas receitas e vamos compartilhá-las aqui com vocês.

Gostou? Ajude a espalhar A Farofa...

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on pinterest

Vc tbm poderá gostar de:

E na nossa loja...

logo-blog-prt

Desejo que A Farofa faça parte dos seus bons momentos tbm!

Minha conta...

Ainda não tem uma conta?
Clique aqui e registre-se : )